fbpx

Attack on Titan pode ser retirado da Netflix

Devido a disputas sobre o novo plano de assinatura suportado por anúncios da Netflix, os fãs podem ter que se despedir de animes transmitidos pela NHK como Attack on Titan.

22 Os programas da NHK, incluindo vários animes, como Attack on Titan, podem sair em breve da Netflix devido às novas assinaturas suportadas por anúncios.

Conforme relatado pela Anime News Network , a NHK, emissora pública japonesa, está solicitando que a Netflix remova todos os seus títulos devido ao seu novo sistema de assinaturas que contém anúncios. Esse nível de assinatura “Básico com anúncios” inclui de quatro a cinco minutos de propagandas a cada hora por um preço um pouco mais barato do que o plano os outros planos livre de anúncios. Isso contrasta com o distribuidor, pois a NHK tem uma política que proíbe os licenciantes de distribuir seu conteúdo se houver a possibilidade de criar um equívoco de que está recomendando ou anunciando um determinado produto ou serviço.

Não houve transparência no acordo.

De acordo com um comunicado da Netflix, a NHK estava ciente e concordou com o plano de assinatura com suporte de anúncios, mas a partir de 16 de novembro, a plataforma de streaming parou de exibir anúncios para os programas da NHK. No entanto, a emissora reclamou que o esse novo modelo de serviço não era o que supunha que seria, também foi dito que a Netflix não deu uma explicação adequada até pouco antes do lançamento do novo plano.

A NHK está atualmente transmitindo Attack on Titan , Tsurune, Welcome to Demon School! Iruma-kun, To Your Eternity, Kingdom, Ojarumaru e Nintamo Rantaro. Outros animes que a emissora já exibiu antes e atualmente está transmitindo na Netflix incluem Vinland Saga e Cardcaptor Sakura. A Netflix e a NHK não divulgaram a lista de 22 programas que seriam afetados pela possível remoção, mas é possível que os títulos mencionados acima sejam removidos.

Oslow

Apaixonado por séries, animes e filmes, gosto de espalhar as novidades das telinhas para mundo.